Pirarucu invade rios de São Paulo

 

Natural da Amazônia, pirarucu invade rios da região

Bruno Ferro

image

O serralheiro Miguel Henrique da Silva Lima exibe o peixe

Durante um mergulho no rio Grande, em Orindiúva, o serralheiro Miguel Henrique da Silva Lima, 26 anos, não acreditou no que viu. Nunca imaginou encontrar peixe tão grande naquelas águas. Quando viu a cauda avermelhada, não teve dúvidas: era um pirarucu. Mirou o arpão e acertou em cheio. Depois de uma hora de briga com o peixe, com a ajuda de um amigo, conseguiu colocar o bicho no barco. No mergulho seguinte, diz que viu um ainda maior.

É contada por pescador, mas não é “história de pescador”. Para provar, Miguel logo mostra a foto a quem quiser ver: pescou um pirarucu de 70 quilos e quase dois metros de comprimento no rio Grande. Não foi o único a conseguir tal façanha nem vai ser o último. O peixe, que é natural da bacia Amazônica, invadiu os rios da região. O problema é que isso pode trazer desequilíbrio. O pirarucu é considerado um dos maiores peixes de água doce do mundo – pode chegar a três metros e atingir 200 quilos – e inclui peixes menores e outros seres aquáticos à sua alimentação. Read more.

Pirarucu in Wikipédia.

Note: An invasive species is a plant or animal that is not native to a specific location (an introduced species); and has a tendency to spread, which is believed to cause damage to the environment, human economy and/or human health.

Espécie invasora é um conceito sobre o qual ainda não existe um consenso sólido. Neste artigo, seguindo a Convenção sobre a Biodiversidade, por espécie invasora entender-se-á aquela que, oriunda de certa região, penetra e se aclimata em outra onde não era encontrada antigamente, prolifera sem controle e passa a representar ameaça para espécies nativas e para o equilíbrio dos ecossistemas que vai ocupando e transformando a seu favor.Wikipédia.