Reserva Natural Serra do Tombador

 APÓS SOFRER COM QUEIMADAS, UMA DAS MAIORES RPPNS DE CERRADO RECEBE EXPEDIÇÃO

POR – CENTRAL PRESS / NEO MONDO

Durante dez dias, pesquisadores vão monitorar área com o objetivo de mostrar a relevância da conservação da biodiversidade na Reserva Natural Serra do Tombador.

Neste dia 20 de fevereiro, doze pesquisadores embarcaram em uma expedição de dez dias na Reserva Natural Serra do Tombador, localizada na porção central do Cerrado e mantida pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma das maiores de Goiás e, assim como grande parte do Cerrado, sofreu com queimadas do último ano.

Com foco em pesquisa, os especialistas farão uma imersão na região com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre as espécies da região e avaliar o impacto do fogo na biodiversidade local.

“Nossa ideia é tornar essa expedição um “marco zero” do monitoramento do impacto do fogo no Cerrado na Reserva Natural Serra do Tombador. Nos últimos anos, as queimadas têm atingido grande parte do bioma e um estudo como este vai possibilitar uma melhor compreensão de como o fogo pode influenciar o equilíbrio dos ecossistemas da Reserva”, comenta Natacha Sobanski, analista de projetos ambientais da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza…

Expedição realizada em 2016, na reserva natural serra do tombador, teve como foco o aumento do conhecimento sobre espécies locais
Fundação Grupo Boticário/André Dib